Para onde ir?

16/09/2014 12:31

Para Onde Ir?

Você sabe exatamente para onde quer ir? Qual o seu objetivo principal? Qual a direção que você quer tomar na sua vida?

Saber aonde se que chegar, o que se quer ser, fazer e ter, dá mais sentido à sua caminhada, as portas se abrem, o Universo conspira positivamente para que tudo aquilo que foi traçado seja alcançado. Nossas ações dependem do que conseguimos harmonizar no nosso pensamento.

Um dos métodos mais eficazes para definição do que se quer é traçar METAS, defini-las, tê-las por escrito sempre posta em local visível, onde você possa diariamente vê-la e se energizar, inspirando-se para alcançá-la. Esta META deve fazer com que você sinta-se feliz enquanto pensa e age para que se transforme em realidade.

Segundo Napolen Hill, em seu célebre livro A Lei do Triunfo, ele diz: “É terrível saber que noventa e cinco por cento da população do mundo seguem pela vida adiante sem um objetivo, sem a menor concepção do trabalho para o qual se adaptam melhor e sem ter mesmo qualquer noção da necessidade disso que se chama objetivo definido, pelo qual lutar”.   Façamos um paralelo entre o que o Dr. Hill escreveu há mais de 80 anos atrás e os nossos dias de hoje, quantas pessoas ainda andam perdidas pelo mundo, sem saber ao certo que querem, aonde quer chegar, estão por aí vagando, esperando a hora derradeira, quem sabe a sorte grande bata à sua porta, quem sabe uma grande desgraça aconteça, ou tudo permaneça do jeito que está... elas vão levando no ritmo dos versos do compositor Zeca Pagodinho: “deixa a vida me levar, vida leva eu...”

Certo dia fui a um local onde passei boa parte da minha infância e lá encontrei um senhor, muito simpático, que estava vendendo pipocas no seu carrinho de metal e madeira. De forma cuidadosa e meticulosa ele colocava o milho na panela e girava a manivela, até que os grãos começavam a estourar, e o agradável aroma de pipoca fresquinha nos invadia os sentidos, aguçando a vontade de se deliciar com um belo saco de pipocas. O interessante é que aquele senhor estava ali, pelo menos há mais de trinta anos, fazendo a mesma coisa. De certa forma, refleti sobre aquele quadro e me questionei: - será que ele está lá a tanto tempo porque? Por que esta arte de fazer pipocas é maravilhosa e lhe confere uma boa receita que garante uma qualidade de vida superior? Por que este é o trabalho da vida que mais lhe agrada e que ele sente-se totalmente realizado em fazê-lo diariamente por mais de trinta anos? Ou por que ele nunca pensou em definir METAS que pudessem levá-lo mais longe, mesmo que ainda estivesse trabalhando no ramo de alimentação? Como ele se vê? Um eterno pipoqueiro, colocando o milho na panela, colocando-as nos sacos, temperando com sal e manteiga servido-as aos seus clientes? Possivelmente, SIM, ele se vê assim. Não quero afirma aqui que ele não possa ser feliz com este modo de vida, mas gostaria de ressaltar que o mesmo senhor, poderia ter alcançado outros resultados caso tivesse uma META definida, um NORTE para a sua vida.

Certamente todos nós podemos muito mais do que pensamos, basta ter foco, disciplina e querer. Aqui, mais uma citação do Napoleon Hill: “Atraímos a nós inevitavelmente as pessoas que se harmonizam com a nossa própria filosofia de vida. Sendo isso verdadeiro, ninguém pode deixar de reconhecer o que há em vitalizarmos a nossa mente com um objetivo principal definido, que atrairá para nós pessoas que serão de grande valor para as nossas realizações, e nunca um obstáculo”.

Jamil Albuquerque, no seu livro, A Lei do Triunfo para o Século 21, resume muito bem com a seguinte assertiva: “Primeiro defina o que você quer, Segundo, decida o quanto você vai pagar pelo que você quer, Terceiro, pague o preço.”

Lembre-se, METAS definidas levarão você aonde deseja, esteja FOCADO.

Alexandre Dantas