Avaliação de potencial: Uma ferramenta de gestão para empresas e pessoas

07/05/2014 21:02

         Atualmente, as organizações vivem um clima de mudança e reinvenção de valores, e percebem que para melhorar a qualidade do trabalho e o lucro, é preciso antes de tudo investir em pessoas, já que são elas que realizam o trabalho e que representam a real força produtiva das empresas, sendo capazes de mudar, transformar, inovar e ajudar as empresas a crescerem desde que devidamente incentivadas para isso. Os resultados das empresas que apostam no desenvolvimento dos seus profissionais são muito mais produtivos do que aquelas que apostam em quantidade e resultado bruto apenas. Recentes pesquisas feitas pela American Express Corporation revelaram que o investimento de maior retorno financeiro foi o aplicado na área do aperfeiçoamento pessoal.

          Desta forma, a gestão de pessoas envolve saber identificar o potencial dos profissionais, estimular o seu crescimento, investir em desenvolvimento e em motivação. Uma ferramenta que auxilia as empresas nesta mudança de paradigma é a avaliação de potencial dos profissionais.
          A avaliação de potencial revela um enfoque diferenciado para as chamadas avaliações psicológicas ou mesmo psicotécnico, muito comuns devido à demanda de mercado, mas estas denominações por si só costumam assustar o profissional que se submete a este processo.
          O verdadeiro objetivo dos sistemas de avaliação não é culpar, recompensar ou elogiar alguém, mas promover o desenvolvimento. Por esta razão, em algumas empresas as avaliações são chamadas de "plano de desenvolvimento pessoal". Além disso, a avaliação de potencial oferece mais elementos para motivar o profissional e capacitar cada um deles a assumir maiores responsabilidades no futuro. 
          Um trabalho simples como este pode gerar resultados estrondosos tanto para a pessoa que participa quanto para a empresa solicitante.
          A avaliação de potencial tem como finalidade avaliar o perfil comportamental de candidatos a determinados cargos. Quando a avaliação de potencial é solicitada para profissionais que já fazem parte do quadro da empresa, o objetivo é avaliar as competências deste profissional, se o mesmo está satisfeito e motivado na função atual e quais os potenciais desta pessoa que não estão sendo aproveitados. 
          Sendo assim, a avaliação pode auxiliar também em uma mudança de setor ou mesmo em uma promoção, para que todos os aspectos que o profissional oferece sejam aproveitados e reconhecidos no trabalho. É necessário que o profissional adquira uma visão mais ampla da sua atuação, percebendo-a de forma mais integrada e assim buscando desenvolver suas potencialidades últimas. Da mesma forma, quando a empresa aproveita o potencial dos seus funcionários, isto gera motivação e maior satisfação no trabalho, levando a bons resultados para as pessoas e também para os negócios.
          Uma avaliação de potencial bem desenvolvida pode ser um instrumento útil não só para que a empresa conheça o profissional que está sendo avaliado, mas também para que o próprio profissional tenha conhecimento de suas competências, potencialidades e habilidades, bem como das suas limitações, aprendendo a lidar melhor com elas e superar suas dificuldades.
          A carreira de cada profissional lhe pertence, isto é, não deve ser conduzida pela organização em que se encontra, mas por ele mesmo, por suas ambições, por suas motivações, por seus planos de futuro, enfim, por tudo aquilo que lhe realiza pessoal e profissionalmente. Por isso, a devolução de um trabalho de avaliação de potencial para a pessoa avaliada (feedback) torna-se tão importante. Esta ferramenta é um grande diferencial utilizado por aquelas empresas que de fato fazem exercem a gestão de pessoas. Ainda que a carreira pertença ao profissional, é papel do líder ajudá-lo a se desenvolver e, a partir de uma avaliação de potencial e um bom feedback, definir as estratégias e firmar um compromisso para o desenvolvimento de seu liderado. 
          A melhor forma de manter um profissional motivado é aproveitando o que este tem a oferecer. Muitas empresas se enganam ao acreditar que o profissional apenas se motiva quando há aumento de salário. Este é com certeza um reconhecimento profissional, mas a motivação não será mantida pelo retorno financeiro por muito tempo.
          A motivação está diretamente relacionada ao nível de satisfação da pessoa no ambiente de trabalho, na função que desempenha e no quanto se sente aproveitada em sua atividade.
          Portanto, a avaliação de potencial não deve ser temida pelo profissional ou vista como uma obrigação ou cumprimento de normas pelas empresas, mas percebida como uma ferramenta útil e um momento que pode e tem muito mais a oferecer. 
          Um bom feedback pode e deveria se encerrar com um sorriso e um agradecimento, pois tanto o profissional que o dá quanto aquele que o recebe percebem a importância deste momento. Quando realizar uma avaliação de potencial, peça um feedback. Aproveite este momento para aumentar o seu autoconhecimento. Aproveite esta oportunidade para crescer! 
 
Lilian Turik Lapchik